UMA ANÁLISE SÉRIA SOBRE O BRASIL ANTES E DEPOIS DO PT

O PSDB quer voltar ao poder com Aécio. Relembre por meio de jornais como foram os 8 anos em que esse partido governou o Brasil e tire suas conclusões. É importante saber que a equipe econômica de Aécio é comandada por Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central no governo FHC. Ele foi um dos protagonistas da história que vamos mostrar aqui:

1) DESEMPREGO:

O governo do PSDB/FHC praticamente dobrou a taxa de desemprego do Brasil em oito anos. Os juros altos, a política cambial irresponsável e as privatizações foram os principais responsáveis, segundo especialistas.



Reportagem no site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2905200215.htm



Reportagem no site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi31019919.htm







Reportagem no site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2406200320.htm

Nos 12 anos dos governos Lula/Dilma, foram gerados 20 milhões de empregos com carteira assinada e a taxa de desemprego caiu pela metade. Hoje felizmente o desemprego deixou de ser um assunto no noticiário.



2)O ENDIVIDAMENTO DO PAÍS

No governo FHC, a dívida pública passou de 30% para 61% do PIB, mesmo com a venda de patrimônio público por meio das privatizações, como no caso da Vale. Ou seja, em oito anos FHC contraiu uma dívida equivalente ao que o Brasil demorou 500 anos para constituir. No governo petista, a dívida recuou de 61% para o nível atual de 35%. Mesmo com o aumento da dívida, no governo FHC a carga tributária aumentou de 27% para 33% do PIB. Ou seja, nem mesmo o aumento de tributos foi capaz de regularizar as contas públicas.



Reportagem no site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc27029803.htm





Reportagem no site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi0807200102.htm



3)A CONSEQUÊNCIA DO DESEMPREGO: MISÉRIA E FOME

Com o desemprego, a fome e a miséria se alastraram por todo o país. Depois que Lula assumiu em 2003 e turbinou o Bolsa Família, essa realidade melhorou bastante. Infelizmente, muitas pessoas até hoje não conseguem entender a importância do programa.



No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2309200101.htm







No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1007200125.htm



4)AS CONSEQUÊNCIAS DA EXPLOSÃO DA DÍVIDA PÚBLICA: BRASIL SE HUMILHA PEDINDO EMPRÉSTIMOS AO FMI, COLAPSO DA BOLSA, VOLTA DA INFLAÇÃO E SUCATEAMENTO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS

A inflação que no governo Dilma está em 6,5% AO ANO, foi de 5,19% SÓ NO MÊS DE NOVEMBRO de 2002. No último ano de FHC, a inflação medida pelo IBGE foi de 12,51%, o dobro da atual inflação de Dilma. Diga-se de passagem, a inflação média do governo Dilma é a mais baixa se comparada com Sarney,Collor, FHC (9,15% de média) e Lula( 7% de média). Veja mais sobre isso no link: http://blogs.estadao.com.br/radar-economico/2014/01/10/inflacao-media-de-dilma-e-a-mais-baixa-desde-o-plano-real/



Essa aqui foi a “grande obra” de Armínio Fraga para a economia brasileira:





No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi0108200202.htm









No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u32622.shtml



Falam que FHC “construiu a base” para que o Brasil crescesse no governo Lula. A “base” foi isso? Ele deixou foi a famosa “herança maldita”.



Você pensa que a saúde de hoje não poderia ser pior? Imagina na época que não existia Farmácia Popular, Samu, Mais Médicos…

É bom lembrar que a dengue estava erradicada no Brasil desde a década de 80, porém por falta de investimentos em prevenção ela voltou no governo do FHC/PSDB.



5)CORRUPÇÃO DESENFREADA E APARELHAMENTO DO ESTADO

O PSDB que hoje faz o discurso “moralista” se envolveu nos maiores escândalos de corrupção da história moderna do país. É importantíssimo destacar que no governo FHC, o Procurador-Geral da República (que é escolhido pelo Presidente da República) era partidário pró-PSDB. Ele se chamava Geraldo Brindeiro e arquivou TODOS as denúncias de corrupção. Por isso ganhou o apelido de “Engavetador-Geral da República”. Ao contrário do FHC, Dilma sempre respeitou a tradição de escolher o primeiro lugar da votação da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Isso garantiu que os Procuradores Gerais do governo petista nunca foram ligados ao partido e sempre tiveram isenção.







No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fol/pol/po14051.htm











No site da Folha:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0803200217.htm





6) A FALTA DE INVESTIMENTOS EM INFRA-ESTRUTURA E O COLAPSO DO SISTEMA ELÉTRICO, COM O RACIONAMENTO DE ENERGIA



Mesmo com o PIB estagnado, crescendo apenas 0,01% em 1998 e 0,3% em 1999, o país não conseguiu suprir a demanda por eletricidade. Em 2000 o governou começou a se preparar e em 2001 implementou o racionamento. Quem viveu essa época se lembra bem. É importante destacar que em 2014 choveu menos que em 2001, porém como o governo construiu uma rede reserva de termelétricas, o país conseguiu enfrentar o período seco sem deixar que faltasse energia. Isso se chama competência, ao contrário do que acontecia na década de 90.



Vamos parar por aqui. Nem vamos falar do escândalo do BNDES e dos escândalos de corrupção nas privatizações, porque este post não teria fim.

E AÍ AÉCIO NEVES, VAMOS CONVERSAR SOBRE O QUE SEU PARTIDO FEZ ENQUANTO ESTEVE NO PODER?

Últimas