Ads Below The Title

Inauguração dos 52 hospitais de Roseana eram pura enrolação


Prefeita Eudina Costa em frente ao hospital
Para ganhar a eleição, a Governadora distribuiu Hospitais para os Prefeitos aliados e estes ficavam amarados ao compromisso de votar no Governo em 2010. Mas, por que não? Afinal, era a esperança de melhorar a saúde de seu município que precariamente atende seus doentes. Era a vontade de entregar ao povo o tão esperado hospital e se orgulhar de ter conseguido uma estrutura e atendimento digno.

Compromissos cumpridos, todos votaram e elegeram o governo. Resultado, muitos hospitais inacabados e os que foram concluídos encontram-se fechados. Os prefeitos ao procurar o Estado para funcionamento dos Hospitais, teve como resposta um promessa de ajuda no valor de R$ 60.000.00(sessenta mil reais). Ai vinha o dilema, abre as portas só para fazer festa e sair bem na mídia, ou insistir num orçamento melhor e prestar um serviço de qualidade, a final de contas saúde precária já existia.

Observem a jogada dos Sarneys: Os prefeitos que iniciaram o mandato em 2009 foram os que ganharam os hospitais e não chegaram a inaugurar, os que iniciaram o mandato em 2013 foram os que inauguraram e consequentemente se tornaram aliados para eleição de 2014. Portanto, o governo distribuiu os hospitais numa gestão e inaugura em outra. A final de contas, a Roseana “enganou dois prefeitos com um hospital só”.

E qual o prefeito recusaria? a proposta é irrecusável, Pedro do Isaias o prefeito da época seria elogiado e entraria para a história como o prefeito que trabalha e trouxe um hospital, coisa que, ninguém sonhava até 2009, e assim foi feito, além de ajudar a construir a imagem de Pedro de bom moço, a construção do hospital (ou do elefante branco) ajudou a eleger Eudina que em abril de 2013 inaugurou a já tão sonhado hospital.

Mas aviso é que não faltou por parte dos colegas blogueiros, e deputados que souberam fazer oposição ferrenha a Roseana, no caso do deputado Simplicio Araújo que diversas vezes advertiu em seus discursos inflamados, dizendo: No Maranhão, a política, ou melhor, a politicagem da saúde, significa fazer hospitais, hospitais que são objetos de propaganda há 4 anos.

Há 4 anos o Governo do Maranhão usa propaganda para dizer que está construindo 70 hospitais. Até Duda Mendonça já foi contratado com o dinheiro da Saúde do Maranhão para fazer propaganda política, para fazer propaganda da politicagem da Governadora Roseana Sarney, que diz estar construindo, 70 hospitais, mas até agora entregou menos de 20% disso. E, o pior: dos hospitais que foram entregues pela Governadora Roseana Sarney, muitos poucos funcionam.

Lá na minha região, região do Médio Mearim, em Pedreiras, nós temos dois hospitais que foram inaugurados e, em seguida, fechados, que é o hospital da cidade de Bernardo do Mearim e o hospital da cidade de Lago do Junco. disse Simplicio Araújo.

Mais e agora depois que se confirmou que tudo não passou de obras eleitoreiras, como fica todos os 52 hospitais inaugurados por Roseana? e a saúde?

O que eu sei é que pelo menos por enquanto, os filhos de Bernardo do Mearim continuarão nascendo nas cidades vizinhas e nesse jogo politico, quem acaba perdendo é o povo que precisa da saúde publica e os políticos se aproveitam disso como ponto positivo no seu governo.



Inauguração dos 52 hospitais de Roseana eram pura enrolação Inauguração dos 52 hospitais de Roseana eram pura enrolação Reviewed by Robson Reille on sexta-feira, janeiro 30, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Ads Inter Below The Post
Image Link [https://4.bp.blogspot.com/-eXoi2xK7YVE/XAXMCtK2SqI/AAAAAAAA34g/L6q5Ku4-FqIuR4qk3wrv5o8TPtjnrS_5ACLcBGAs/s1600/Logo%2BContato.png] Author Name [Robson Reille] ... Facebook Username [#] Twitter Username [#] Instagram Username [#]