Header Ads

LightBlog

Imitando os chefes maiores, prefeito do PT foi receber propina e acabou preso

Seguindo o exemplo da cúpula petista, que vive envolvida em casos de propinagem desde o famigerado mensalão, o prefeito de São Sebastião de Alto, na região serrana do Rio de Janeiro, foi preso em flagrante ao receber R$ 100 mil de propina.
O prefeito foi surpreendido pela polícia logo depois de receber a mochila com o dinheiro. Mauro Henrique, do PT, tinha exigido de um empresário 10% do valor de licitações para obras de saneamento e construção de um posto de saúde. Quem fez a denúncia foi o próprio empresário.
“Viemos participar da licitação como qualquer um pode participar. Participamos, ganhamos, e ele foi e exigiu os 10%. Tinha que dar o dinheiro para assinar o contrato”, conta o empresário.
prefeito propineiro
O policial militar Ulisses Santarém que trabalhava com o prefeito também foi preso pelos agentes federais. Mauro Henrique tinha assumido a prefeitura de São Sebastião do Alto há menos de um ano, quando o então prefeito da cidade, Carmond Bastos, também do PT, foi cassado por desvio de dinheiro público.
Mauro Henrique vai responder por concussão que é o crime cometido pelo funcionário público que usa o cargo para exigir vantagem indevida.
DO JORNAL HOJE COM EDIÇÃO E OPINIÃO DO GI PORTAL

Nenhum comentário