Header Ads

LightBlog

Polícia Militar realiza curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural



Exibindo Foto1_ZéRoberto - Major Sodré.jpgVisando qualificar os seus agentes para agir diretamente no combate à criminalidade em todo o estado, a Polícia Militar do Maranhão estará promovendo o curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural (COSAR).

O processo seletivo para o curso teve as suas inscrições encerradas na última sexta-feira (20). Foram ofertadas 56 vagas para o COSAR, para policiais militares e outras instituições coirmãs que compõem as unidades federativas do Brasil. Na próxima segunda-feira (23), os inscritos farão os exames médicos e, em seguida, os exames físicos.

O curso terá inicio no dia 03 de abril, onde os policiais passarão por treinamento de selva no município de Imperatriz. O curso de selva será ministrado pelo 50º BIS, unidade do Exército Brasileiro sediada naquela cidade, e que terá supervisão sistêmica do coordenador, coronel José Frederico Gomes Pereira, comandante de Policiamento Especializado (CPE).

Qualificação

Após a primeira fase de treinamento de selva, os policiais terão um mês de instruções com o subcoordenador do curso, o comandante de Operações Especiais da Polícia Militar, major Antônio Carlos Sodré. Os treinamentos acontecerão em São Luís, Imperatriz e Estreito.

Com aulas práticas e teóricas, os alunos serão submetidos a várias disciplinas, entre elas, tiro tático, SQB (Combate de Ambiente Confinado), técnica de abordagem, tiro pessoal, ações antibomba, operações policiais especiais, invasões táticas com explosivos, primeiros socorros, patrulha e antiterrorismo.

“O curso visa à qualificação do profissional para que ele possa ter noção de como agir diante de uma ação de grande proporção. Para que isso ocorra, é necessário que ele tenha dedicação, determinação e força de vontade do aluno”, salientou major Sodré.

Habilitação

A partir do momento que os policiais forem formados e que integrarem o Comando de Operações de Sobrevivência, eles terão habilidades para atuar no campo de inteligência e no combate a assaltos à instituição financeira, além de policiamento ostensivo e incursões com abordagens nas rodovias maranhenses.

Os policiais que concluírem o COSAR serão lotados em três bases que o Comando da PM criará para dar suporte aos municípios do estado.  O Governo tem a previsão de instalar em dois polos de imediato, nas cidades de Presidente Dutra e Imperatriz, sendo que a primeira dará suporte a segunda. “O COSAR será criado objetivando dar suporte as Forças Policiais já existentes, e para atuar de forma direta nas ações desenvolvidas no Estado. Ao término do curso, os policiais retornarão a sua base de unidade de lotação”, ressaltou Sodré.

Nenhum comentário