Roberto Costa denuncia morte de bebês por falta de atendimento em Bacabal

Durante o seu discurso na sessão plenária desta segunda-feira (23), o deputado Roberto Costa (PMDB) cobrou explicações da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Saúde de Bacabal sobre a morte de dois bebês prematuros que aconteceu no início da semana por falta de atendimento médico.
Na tribuna, o deputado disse que é inadmissível que isso aconteça, uma vez que os pais dos bebês deveriam ter recebido toda a assistência necessária na maternidade de Bacabal.
ENTENDA O CASO
De acordo com relatos do deputado, o fato que chocou a população da cidade começou em Bacabal quando uma jovem de 23 anos, grávida de seis meses de gêmeos, começou a sentir fortes dores. Na maternidade do município, ela foi medicada com Buscopan e liberada, mas em seguida voltou a sentir dores; de volta ao hospital, ela e o esposo foram orientados a ir atrás de atendimento médico no Hospital Geral de Alto Alegre. Já no outro município, o casal foi despachado para a cidade de Coroatá, mas como a mãe entrou em trabalho de parto, o casal teve que parar em Peritoró, onde os bebês nasceram, mas não resistiram.
COMISSÃO DE OBRAS
Na última quinta-feira, atendendo a um Requerimento do parlamentar, a Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa esteve em Bacabal, onde ao lado do Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, vistoriaram a obra do Hospital Regional. De forma recorrente, Roberto Costa tem cobrado agilidade na entrega desse hospital, previsto para ter 45 leitos.
Por Marcelo Vieira

Últimas