Governo reúne presidentes de Conselhos Municipais para discutir Segurança Alimentar



Exibindo Foto 2 Divulgação Sedes - Segurança Alimentar.jpgA Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) reuniu presidentes e representantes de Conselhos Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional do Maranhão, na quinta-feira (23), para discutir o fortalecimento do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) e, principalmente, divulgar as orientações sobre o processo de realização das Conferências Municipais, Regional, de Segmentos e Estadual, que devem ser realizadas entre os meses de abril e agosto deste ano no Maranhão.

O encontro contou com a participação de representatividades de cerca de 100 municípios maranhenses, que buscam o fortalecimento e a plena execução da política de segurança alimentar e nutricional nos municípios, já que este é um tema considerado prioritário pelo Governo do Maranhão, a partir do novo momento da gestão estadual.

“Esse é um governo que se preocupa com as pessoas. O governador Flávio Dino definiu como uma das prioridades da administração a garantia da segurança alimentar e nutricional aos maranhenses. Por isso, os nossos esforços são no sentido de fortalecer o Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional e executar de forma efetiva as ações previstas nos municípios. Para tanto, precisamos do apoio e da participação ativa dos gestores municipais nesta ação”, destacou a secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvidia Caldas.

Além de disseminar a importância do Sisan tornar-se uma prática nos municípios maranhenses, o Encontro de Presidentes de Conselhos Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional do Maranhão teve o objetivo de divulgar e mobilizar os agentes municipais para a realização das conferências do segmento.

Para Eurico Fernandes, presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, a construção e realização das conferências é fundamental para que as pessoas, em seus municípios, percebam a importância de praticarem uma alimentação adequada e saudável, e reconhecerem a influência dessa prática em sua qualidade de vida.

“Por meio das conferências e dos atores da política da Segurança Alimentar presentes nos municípios, levaremos para mais perto das pessoas informações e debates sobre a importância da garantia de uma alimentação segura e adequadamente nutritiva. Por isso, queremos fortalecer e divulgar a realização das conferências nos municípios e para os públicos segmentados, conforme as características do Maranhão”, reforçou.



Exibindo Foto 1 Divulgação Sedes - Segurança Alimentar.JPGAs conferências serão realizadas em etapas municipais e também regional com foco nos povos tradicionais – indígenas, quilombolas e pescadores artesanais, contemplando os 30 municípios incluídos no Plano de Ações ‘Mais IDH’. A edição estadual elegerá os delegados que representarão o Maranhão na 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, que debaterá o lema ‘Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar’.

A programação do encontro contou, ainda, com a construção de grupos de trabalho que aprofundaram o debate a respeito dos temas e eixos definidos para serem discutidos durante a Conferência Nacional.

Também participaram do evento, a prefeita de Serrano do Maranhão, Donária Rodrigues; o prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho; o superintendente de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Luís Fernando Amorim; e toda a equipe técnica da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional.

Últimas