Projeto levará educação em direitos a estudantes do ensino médio da rede pública

Exibindo Foto1_AscomDPE - Projeto levará educação em direitos a estudantes maranhenses.JPG

Com a finalidade de conscientizar estudantes do Ensino Médio da rede pública estadual sobre direitos humanos e cidadania, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE-MA) e Associação dos Defensores Públicos discutiram, na segunda-feira (4), parceria para a aplicação do Projeto Educação em Direitos nas escolas.

Idealizado pela DPE, o projeto foi apresentado pela defensora Geral do Estado, Mariana Albano de Almeida, e pela presidente da Associação dos Defensores Públicos, Clarice Bina, ao secretário Adjunto de Projetos Especiais da Seduc, Odair José Soares, representando a secretária de Estado de Educação, Áurea Prazeres.

De acordo com as representantes da Defensoria, o projeto foi construído com base na realidade do Maranhão e no exemplo de sucesso implantado nas escolas do Distrito Federal.  A ideia é que o projeto tenha início no mês de junho, em uma escola piloto, e seja ampliado para toda a rede, inclusive para unidades de internação de menores, e tenha suporte do Instituto Paulo Freire.

“A partir do momento em que o aluno tem conhecimento de direitos e deveres, ele passa a respeitar o outro e cria-se, assim, uma cultura de paz”, enfatizou a defensora Mariana de Almeida, acrescentando que, além de palestras de conscientização aos alunos, o projeto contempla formação de professores.

Para o adjunto da Seduc, Odair José Soares, a parceria entre as duas instituições é importante, pois mesmo em áreas de atuação diferentes, os objetivos são comuns. “Esse projeto está completamente alinhado com as ações do Programa Escola Digna, macropolítica educacional definida pelo governador Flávio Dino, pois tem impacto positivo em vários aspectos, na medida em que torna o estudante um cidadão consciente, refletindo, inclusive, na diminuição da evasão escolar e nos números do IDH”, afirmou.

A presidente da Associação dos Defensores, Clarice Bina, destacou a importância da parceria Seduc e DPE. “Com esse projeto e a força dessa parceria pretendemos tornar o Maranhão uma referência em educação de direitos na escola”, pontuou.

Últimas