"Ministro admite atraso nos pagamentos das obras do Minha Casa"

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, admitiu nesta quarta-feira que há atraso nos pagamentos das obras do Minha Casa Minha Vida e disse que o governo trabalha para regularizar o programa de pagamentos. De acordo com ele, a reunião desta manhã entre a equipe de Dilma Rousseff e os empresários do setor teve como objetivo discutir alternativas para "agilizar" os desembolsos referentes às obras.
Uma das propostas é diminuir o ritmo de construção das moradias contratadas no programa de habitação popular, uma das vitrines da administração PT. Pelos cálculos do setor, o governo deve às empresas entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,6 bilhão. Outra alternativa é estipular um novo cronograma de pagamento. A indústria da construção diz que os atrasos eram de 15 dias, passaram para 30 dias e agora chegam a 60 dias. Já há empresários que ameaçam parar as obras e demitir os funcionários, o que poPRogrde agravar ainda mais o índice de desemprego no País.

Últimas