Morre uma das adolescentes violentadas por monstros menores no Piauí



A estudante Danielly Rodrigues, de 17 anos, uma das quatro jovens violentadas em Castelo do Piauí (190 km de Teresina) morreu no final da tarde deste domingo (07).

O corpo da adolescente chegou por volta das 04h da manhã na cidade de Castelo e está sendo velado na igreja Nossa Senhora do Desterro.

A prefeitura do município decretou luto oficial e as escolas não funcionam nesta segunda-feira (08).

Sua tia, a professora Julia Marcia da Silva, declarou que a sobrinha era muito estudiosa, estava fazendo o pré-enem e se preparava para prestar vestibular no curso de Medicina. Ela queria ser médica.

A jovem tinha uma fratura na face e o cirurgião do HUT (Hospital de Urgência de Teresina) não retirou o aparelho que ela usava para evitar complicações.

A estudante de 16 anos, já recebeu alta do Hospital São Marcos. A outra garota de 15 anos tem fraturas no punho e no tornozelo e ainda está se recuperando. A jovem R. de 17 anos sobreviveu após ser violentada e está em recuperação.

A adolescente, com outras três colegas, foi estuprada e violentada por outros quatro adolescentes e mais um adulto num crime bárbaro que chocou o Brasil.


RELEMBRE O CASO 




Barbaridade! Quatro adolescente são estupradas e espancadas



O estado do Piauí está em estado de choque. Quatro adolescentes foram estupradas e espancadas no município de Castelo, na noite desta quarta-feira, dia 27.
As adolescentes, uma de 15 anos, uma de 16 e duas de 17 anos foram estupradas e agredidas por cinco jovens.
Elas foram estupradas e jogadas pelos agressores no Morro do Garrote, na zona rural do município, de uma altura de aproximadamente 5 metros.
As quatro vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Castelo do Piauí e por apresentarem um quadro bastante grave foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Teresina.
De acordo com as informações do blog do Éfrem Ribeiro, as adolescentes saíram por volta das 16h da tarde de casa para tirar fotos em um morro da cidade. No meio do caminho encontraram os cinco acusados completamente drogados. As garotas foram estupradas por mais de duas horas, chegando a ser espancadas e dopadas.
“A motivação foi o uso de drogas, eles estavam bastante alucinados, viram as meninas no local e não perderam tempo. Todos eles já tem passagem pela polícia da cidade”, declarou o delegado Laércio Evangelista.
De acordo com ele, uma das meninas ficou com o rosto completamente desfigurado por conta dos espancamentos e fez uma cirurgia de reconstrução da face. A outra teve que fazer uma limpeza no organismo por conta dos vários fluidos estranhos que foram encontrados dentro do seu corpo. Uma outra garota teve o bico dos dois seios arrancados por uma faca, e a outra teve várias perfurações de faca pelo corpo inclusive na coxa e no peito.
“Eles agiram de forma bastante cruel, utilizaram facas e chegaram a cortar os seios. Em pelo menos três delas já foi confirmado o crime de estupro. Vai ser questão de tempo para realizarmos a prisão do maior de idade, creio que ainda nesta manhã ele será preso. Os menores estão detidos em Castelo do Piauí e serão encaminhados para Teresina para a segurança deles porque a população está bastante revoltada e não queremos problemas maiores”, disse.
As vítimas foram encontradas sem roupas, amarradas e desacordadas pelo filho de um policial na cidade. O jovem teve que ser encaminhado para o hospital e ficou internado por ter ficado em estado de choque com a cena que encontrou. Ele respira com a ajuda de balão de oxigênio.
Suspeitos




Todos os suspeitos já foram identificados. Quatro menores e um maior de idade são suspeitos de cometer o ato bábabaro.
Ainda na noite desta quarta-feira, as polícias Civil e Militar apreenderam 3 adolescentes em Castelo do Piauí (130 km de Teresina)
Os menores estão apreendidos na delegacia de Castelo e serão encaminhados para Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente em Teresina.

Últimas