'Mulher de verdade não liga para tamanho', diz Andressa Urach sobre rapaz morto por aplicar hidrogel no pênis



Andressa Urach ficou abalada com a notícia da morte de um rapaz de 18 anos, no último sábado (25), vítima de uma complicação após injetar hidrogel no pênis.

A apresentadora, que ficou três meses internada com infecção gravíssima por causa da mesma substância, se sente indignada ao saber que, mesmo com sua história tendo se tornado pública, ainda existam jovens procurando pelo produto químico.

Poxa, todo mundo viu o que aconteceu comigo e mesmo assim a pessoa foi lá e aplicou?”, lamentou ela. “Eu só não morri porque fui muito protegida por Deus, mas poderia ter morrido. Quase perdi as pernas e quase perdi a vida”, lembra ela.

Prestes a completar 28 anos, Andressa lembra bem como é a teimosia de um adolescente.
“Adolescente não tem limites, não mede as consequências, principalmente no que se trata de vaidade. A culpa é da pessoa que aplicou. Deveria ser preso”, protesta.

AUTO-ESTIMA

Urach lamentou o fato da vaidade do rapaz ser relacionada ao tamanho do pênis. “Ele achou que isso ia mudar a vida dele, que ele ia ter mais mulheres, mas estava enganado. Mulher de verdade, que dá valor ao casamento, não se importa com isso. É mentira isso de que tamanho é documento”, opina ela, que há seis meses é adepta de valores evangélicos.
Os problemas com a auto-estima na adolescência foram uma das principais causas do que aconteceu com Andressa. Aos 17 anos ela começou a fazer as primeiras plásticas —e era entusiasta de toda novidade de beleza que surgia no mercado.

Entre as maluquices que cogitou fazer, estava cortar as pontas dos dedos dos pés para diminuir o tamanho do calçado. “A gente deixa de se aceitar como é. A mídia nos impõe esse padrão de beleza e acaba te levando ao excesso de vaidade”, analisa ela, que recentemente se “libertou” do botox.

“Usei botox desde os 21 anos porque tinha medo de envelhecer. Agora quero mais é envelhecer mesmo. Ter rugas, ter netos, bisnetos”, brinca. “Algumas pessoas, como eu, precisam realmente chegar ao fundo do poço pra ver que a vida não é beleza”.

Andressa Urach

 Andressa Urach


ANAHI MARTINHO
DE SÃO PAULO
Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br



Últimas