Helder Aragão retorna à prefeitura de Anajatuba

Prefeito é acusado de desviar R$ 14 milhões dos cofres públicos do município





A terça-feira não poderia ser mais ousada que o desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho, que acabou de retornar ao cargo o prefeito de Anajatuba, Helder Aragão, afastado do cargo no último dia 14 de agosto, por suposto ato de improbidade administrativa.
A decisão que afastou o prefeito do cargo foi da juíza Mirella Cezar Freitas, que instaurou processo administrativo com base em representação trazida pelo então vice-prefeito Sydnei Costa Pereira. As manifestações permitiram a instauração de procedimento investigatório criminal conduzido pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco). As investigações tiveram apoio da Polícia Federal, Controladoria Geral da União e do Tribunal de Contas da União.
O esquema de Anajatuba envolve políticos e empresários e só começou a ser investigado após denúncia feita no Fantástico no quadro – “Cadê o dinheiro que estava aqui?”
O prefeito Helder Aragão, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Carlos Braide e o empresário Fabiano Bezerra são apontados como cabeças do esquema que desviou dinheiro do município, com fraudes em licitações, pagamentos de serviços não executados, empresas fantasmas e inexigibilidades ilegais.

Últimas