Esposa do Deputado Fábio Macedo disputará Prefeitura de Peritoró em 2016

A 238 km de distância de São Luís, o município maranhense de Peritoró terá nas eleições de 2016 uma candidata com condições reais de sair vitoriosa do pleito contra o insosso prefeito Padre Jozias, que recentemente se filiou no PP, partido comando no Estado pelo enrolado deputado Federal Waldir Maranhão.
Diante da rejeição do atual gestor que amarga índices desfavoráveis na administração municipal, surgiu o nome de Lorena Macedo – esposa do deputado estadual Fábio Macedo, a mulher vem recebendo diversas manifestações favoráveis para entrar na disputa.
Eleitora da cidade e filiado ao PCdoB, Lorena tem acolhido os incentivos políticos com muito entusiasmo, e segundo relatos de pessoas mais próximas, é só questão de tempo para o nome dela ser lançado na corrida eleitoral do próximo ano.
Inicialmente, o nome fomentado era do empresário Dedé Macedo (sogro de Lorena), mas o chefe da família já confidenciou a amigos peritoroenses que prefere não entrar na disputa diante da vida empresarial no estado à fora.
Expectativa do marido
Em recente conversa com o esposo da possível candidata, o deputado Fábio Macedo explicou que nesse momento não é possível precisar nada, mas afirmou que tudo pode acontecer. “Nossa família ainda está analisando o cenário política, mas adianto que se ela entrar não é para brincar ou somente disputar, vamos para ganhar a eleição”, disse confiante o deputado.
O parlamentar ainda explicou que durante o pouco tempo de mandato tem atuado por melhorias na qualidade de vida da população. Recentemente junto ao governador Flávio Dino(PCdoB) conseguiu a reforma da Rodoviária e fez pedido no sentido de solucionar a problemática de água nos inúmeros bairros do município.
Conjuntura política
Administração do Pedre Jozias vai de mal a pior.
Caso Lorena seja de fato candidata, não terá dificuldade em implantar em Peritoró um modelo de gestão pública, basta refletir o jeito de administrar do seu cunhado, o prefeito de Dom Pedro, Ernani Macedo, onde a cidade passa por um momento de verdadeiras transformações administrativas.
O nome de Lorena ganhou espaço no meio político e nos bastidores locais, não se fala em outro assunto. Mesmo porque em todas as cinco eleições municipais da história de Peritoró, nunca um gestor conseguiu se reeleger, veja: Geraldo do Céu (1997-2000); Agamenon Milhomem (2001 – 2004); Padre Jozias (2005 – 2008); Agamenon Milhomem (2009 – 2012); Padre Jozias (2013 – 2016).
Com o momento político muito favorável, a família Macedo não deixa de manter constante diálogo com as demais forças de oposição ao prefeito, o foco é trabalhar para união em torno de único nome.
A disputa promete.

Fonte: Domingos Costa