Expositores da Semana de Ciência e Tecnologia no Maranhão são premiados


A premiação de expositores dos pôsteres apresentados durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão aconteceu, na manhã desta quarta-feira (4). A entrega de troféus para os primeiros colocados, feita pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, aconteceu na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Doze pesquisadores foram contemplados com trabalhos desenvolvidos nas áreas de Ciências Humanas, Letras e Artes; Ciências Exatas e Naturais; Engenharias e Ciências Sociais Aplicadas; e Ciências da Saúde, Biológicas e Agrárias.

“Mais do que uma competição, acredito que isso é um reconhecimento. O governo Flávio Dino quer incentivar a produção científica, tecnológica e as inovações no Maranhão. E a Semana da Ciência e da Tecnologia tem esse papel de aproximar a academia e as comunidades, por isso, seu objetivo maior é a popularização da Ciência e da Tecnologia. É uma vitrine para as pessoas terem a oportunidade de expor os seus projetos, suas pesquisas em diferentes níveis, segmentos e setores”, declarou Bira do Pindaré. “Vocês representam, para nós, o orgulho dessa Semana Nacional de Ciência e Tecnologia”, completou.

Além de sair do shopping para uma praça, a Semana de Ciência e Tecnologia passou por outras mudanças que marcaram essa edição do evento como um momento de encontro entre todos aqueles que produzem conhecimento e para a população em geral. Entre elas, a realocação dos pôsteres, que antes eram afastados, para as principais áreas de circulação das pessoas. Para 2016, a meta é entregar a premiação no encerramento da Semana. A Secti planeja desenvolver um aplicativo para agilizar o processo de avaliação, feito por professores mestres e doutores.

Fernanda de Carvalho, premiada em primeiro lugar na categoria de Ciências Humanas, Letras e Artes, apresentou sua tese de doutorado ‘Políticas de desenvolvimento regional territorial e governança’. “Nós ficamos muito contentes. É um momento de valorização do nosso trabalho, que vem sendo desenvolvido com a Universidade de São Paulo junto com a Universidade Federal do Maranhão e de incentivo ao desenvolvimento do Estado”, disse.

Em 2016, a Semana terá como tema “A Ciência alimentando o Brasil”, que dialoga diretamente com um dos direcionamentos dados pelo governador Flávio Dino - a melhoria do Índice de Desenvolvimento Sustentável. Outro ponto priorizado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Prêmio Mais IDH. O premiado desse ano, com um projeto de Rizipsicultura em comunidades ribeirinhas da Baixada Maranhense’, foi o professor Doutor da Universidade Estadual do Maranhão, Christoph Gehring.

Acesse a lista completa dos premiados pela exposição de pôsteres durante a Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação no Maranhão.