Vazamento de interceptação telefônica derruba Ricardo Murad

Ricardo Murad informa que deixará a Secretaria de Inovação e Modernização da Prefeitura de Coroatá, administrada pela esposa dele, a peemedebista Teresa Murad.
Por meio das redes sociais, o “primeiro damo” da cidade afirma que deixará a pasta para se dedicar exclusivamente à defesa na Operação Sermão aos Peixes, da Polícia Federal.
Ele é apontado como o mentor intelectual da organização criminosa acusada de desviar R$ 1,2 bilhão da Saúde do Maranhão por meio da terceirização de serviços e da contratação irregular de entidades para a gestão de hospitais.
Nos bastidores, comenta-se que o vazamento de uma intercepção telefônica divulgada pelo blog do Clodoaldo Corrêa tornou a permanência de Ricardo na Prefeitura de Coroatá insustentável.
O grampo autorizado pela Justiça Federal confirma que o ex-secretário usou da influência na gestão da mulher para impedir que os resíduos do Hospital Regional de Coroatá fossem depositados no lixão mantido pelo município, na tentativa de atingir o Governo do Estado ao inviabilizar o atendimento na unidade de saúde mantida pela SES.
do blog Marrapá

Últimas