Suposto envolvido em ato sexual com bebê NEGA participação em vídeo que circulou nas redes sociais

blog do Luis Magno

Nosso blog recebeu dias atrás, pelo whatsapp, um vídeo referente ao suposto ato de pornografia de um homem por nome Wedson Fonseca com um bebê de aproximadamente três meses de idade.

Maranhense, mototaxista, casado e pai de 4 filhos, Wedson nega o crime de pedofilia atribuída a ele. A pesar de ter feito um boletim de Ocorrência dispondo-se a esclarecer a questão o mesmo sente-se amedrontado com a possibilidade de linchamento e não tem conseguido trabalhar.

Não se sabe quem divulgou o vídeo que em si constitui o crime de divulgação de pornografia infantil, caracterizado pela publicação, troca ou divulgação, por qualquer meio (inclusive internet) de foto ou vídeo de pornografia ou sexo explícito envolvendo criança ou adolescente de acordo com o artigo 241 do estatuto da criança e do adolescente, que prevê uma pena de 3 a 6 anos para casos como este.

A bem da verdade veja o que diz o Wedson em entrevista à imprensa:





Vídeo recebido pelo Whatsapp. Suposto envolvido em ato sexual com bebê de aproximadamente 3 meses NEGA sua participação em vídeo que circulou nas redes sociais. No referido vídeo um homem aparece colocando seu órgão genital no bumbum e na boca da criança.
Publicado por Blog do Luis Magno -Santa Luzia do Paruá em Domingo, 17 de janeiro de 2016




Últimas