Ads Below The Title

Maranhão tem 169 municípios em alerta ou risco de surto da dengue, zika e chikungunya



O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2018 aponta que 169 cidades estão em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya no estado do Maranhão. Dos 217 municípios do estado, 85 estão em risco de surto das doenças e 84 aparecem em alerta. São Luís, a capital do estado, está em situação de alerta.

O estudo indica que 1.153 municípios brasileiros (22%) apresentaram um alto índice de infestação, com risco de surto para dengue, zika e chikungunya. Com isso, o Ministério da Saúde alerta para a necessidade de intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti, mesmo durante o outono e inverno. Ao todo, 5.191 municípios realizaram algum tipo de monitoramento do mosquito transmissor dessas três doenças, sendo 4.933 por levantamento de infestação (LIRAa/LIA) e 258 por armadilha. A metodologia da armadilha é utilizada quando a infestação do mosquito é muito baixa ou inexistente.

As ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti são permanentes e tratadas como prioridade pelo Governo do Brasil. Para isso, o Ministério da Saúde tem garantido orçamento crescente aos estados e municípios. Os recursos para as ações de Vigilância em Saúde cresceram nos últimos anos, passando de R$ 924,1 milhões em 2010 para R$ 1,94 bilhão em 2017. Para 2018, a previsão é que o orçamento dessa área chegue a R$ 1,9 bilhão. Este recurso é destinado à vigilância das doenças transmissíveis, entre elas dengue, zika e chikungunya. O recurso é repassado mensalmente a estados e municípios.

Em 2018, até 21 de abril, foram notificados 833 casos prováveis de dengue no Maranhão, uma redução de 81,8% em relação ao mesmo período de 2017 (4.580). Em relação à chikungunya, foram registrados 302 casos prováveis. A redução é de 92,5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 4.040 casos.

Também foram registrados 26 casos prováveis de zika no estado, uma redução de 91,5% em relação ao mesmo período de 2017 (308).

Veja abaixo a lista com cidades maranhenses que estão com risco de surto de dengue, zika e chikungunya, segundo o Ministério da Saúde. 

Água Doce do Maranhão
Alcântara
Aldeias Altas
Amarante do Maranhão
Anapurus
Apicum-Açu
Arari
Bacabal
Bacuri
Barão de Grajaú
Barra do Corda
Bom Jardim. Nona cidade com 20,7
Bom Jesus das Selvas
Bom Lugar
Buriticupu
Buritirana
Cachoeira Grande
Cantanhede
Carolina
Carutapera
Centro do Guilherme
Cidelândia
Colinas
Cururupu
Davinópolis
Esperantinópolis
Feira Nova do Maranhão
Fortaleza dos Nogueiras
Governador Edison Lobão
Governador Luiz Rocha
Humberto de Campos
Igarapé Grande
Itinga do Maranhão
João Lisboa
Joselândia
Lagoa do Mato
Lago da Pedra
Lago Verde
Lajeado Novo
Loreto
Luís Domingues
Maracaçumé
Maranhãozinho
Matões
Matões do Norte
Mirador
Miranda do Norte
Mirinzal
Montes Altos
Paço do Lumiar
Paraibano
Parnarama
Pedreiras
Peri Mirim
Pindaré-Mirim
Pio XII
Pirapemas
Presidente Médici
Poção de Pedras
Porto Franco
Ribamar Fiquene
Rosário
Sambaíba
Santa Helena
Santa Rita
São Bernardo
São Domingos do Maranhão
São Félix de Balsas
São Francisco do Brejão
São João do Paraíso (MA)
São João dos Patos
São Luís Gonzaga do Maranhão
São Pedro da Água Branca
São Pedro dos Crentes
São Raimundo das Mangabeiras
Senador La Rocque
Sítio Novo
Sucupira do Norte
Tasso Fragoso
Tuntum
Turiaçu
Tutóia
Vargem Grande
Vila Nova dos Martírios
Vitorino Freire
Maranhão tem 169 municípios em alerta ou risco de surto da dengue, zika e chikungunya Maranhão tem 169 municípios em alerta ou risco de surto da dengue, zika e chikungunya Reviewed by Robson Reille on quinta-feira, junho 21, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Ads Inter Below The Post
Image Link [https://4.bp.blogspot.com/-eXoi2xK7YVE/XAXMCtK2SqI/AAAAAAAA34g/L6q5Ku4-FqIuR4qk3wrv5o8TPtjnrS_5ACLcBGAs/s1600/Logo%2BContato.png] Author Name [Robson Reille] ... Facebook Username [#] Twitter Username [#] Instagram Username [#]