Mãe de atirador diz não saber o que motivou atitude do filho


A mãe de Guilherme Taucci de Monteiro, um dos responsáveis pelo ataque à escola Raul Brasil, em Suzano (SP), nesta quarta-feira (13/2), disse que o filho havia deixado de frequentar a escola, porque sofria bullying. O jovem, que tinha 17 anos, frequentou o colégio por dois anos, até 2017.

Abalada e evitando as câmeras, Tatiana Taucci disse à rádio Band News FM que não sabe apontar a razão do ataque, mas afirmou que o adolescente havia parado de estudar por causa do bullying. "Guilherme era só uma criança, era muito tranquilo", afirmou, antes de completar: " É bullying que chama, não é? Ele saiu da escola por causa disso".

descrição

Share this:

,

Faça um Comentário

0 comentários:

Postar um comentário