Header Ads

LightBlog

‘Ainda vamos fazer mudanças profundas neste país’, diz Lula em ato do PT

(Foto: Ricardo Stuckert)
Em seu primeiro pronunciamento ao Partido dos Trabalhadores, o ex-presidente Lula disse que os militantes devem ter orgulho da história do partido, ironizou a cobrança por autocrítica do PT por setores que “jamais se olham no espelho” e mandou um recado: “ainda faremos mudanças muito mais profundas neste país”.

Lula discursou na abertura da reunião da Executiva Nacional do PT, em Salvador, no início da tarde desta quinta-feira (14). O tom do discurso foi de crítica dura às elites do país, que “não querem ver os negros na Univeridade”, que quer condenar o povo a não ter acesso à saúde, que querem destruir o país.

Lula disse que a Lava Jato “foi o julgamento das elites do meu mandato”, que os ricos querem fechar o PT, excluindo-o da vida política do país, mas que o partido irá vencer novamente e voltará ao poder.

Afirmou ter saído da cadeia “mais humano”, um homem melhor”. No fim, disse: “Eu sou o resultado da consciência politica da classe trabalhadora deste país”.


Nenhum comentário