Juíza manda prefeito de Chapadinha retirar divulgações de redes sociais

Prefeito Magno Bacelar

A juíza Welinne de Souza Coelho, da 42ª Zona Eleitoral de Chapadinha, vedou a conduta do prefeito Magno Bacelar, do vice Talvane Hortegal e do secretário municipal de Saúde, Eli Monteiro Moura, e entrou com uma Representação Eleitoral contra os três. Todos vêem divulgando ações da “Administração Pública em geral” nas redes sociais, atos estes que são proibidos em meses que antecedem a eleição.

Em uma das Representações, a juíza alega que “o atual Prefeito do Município de Chapadinha, “divulga atos com teor institucional em sua página pessoal, com a finalidade precípua de obter ganhos eleitorais”. E, em decisão, requereu a concessão de medida liminar de tutela de urgência, para que se retire, imediatamente, a referida publicidade dos sites e páginas indicados na inicial, “arbitrando-se multa para o caso de descumprimento no valor de R$ 25 mil, nos termos dispostos no art. 497 do Código de Processo Civil”.

Acesse a íntegra das Representações a seguir.



Ocorre que em Chapadinha, até a ex-prefeita, Danúbia Carneiro, esposa do prefeito, também divulga ações em redes sociais de eventos patrocinados pela Prefeitura, como foi o caso de um encontro denominado de União de Mulheres do Movimento Partidário realizado na última quarta-feira (26) na casa dela.

O evento reuniu mulheres dos partidos PTB, Cidadania e PV, e claro, com grandes aglomerações, foi amplamente divulgado nas redes de Danúbia.

Confira abaixo a grande festa dada pela família Bacelar em Chapadinha.


Fonte: Blog do Minard



Últimas