Militar é assassinado a tiros na Zona Leste de Teresina e suspeitos já foram presos




Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva, soldado da Polícia Militar do Maranhão (PM/MA), foi morto a tiros na tarde desta sexta-feira (28), na Avenida João XXIII, Zona Leste de Teresina. Segundo testemunhas, três homens são suspeitos da autoria do crime.

O policial foi alvejado com os tiros na frente revendedora de carros Jelta Veículos. Pelo menos três homens participaram do assassinato. Vários disparados foram feitos contra a vítima, um deles atingiu o peito do militar.

O militar portava arma, mas foi surpreendido e não teve como reagir. Ele caiu e populares que passavam no local inda tentaram socorrer, mas ele acabou morrendo. A Polícia foi acionada e chegou 15 minutos depois.

Um vídeo gravado por uma testemunha, mostra o que seriam os suspeitos fugindo do local do crime em um Fiat Uno branco, em direção à BR-343, no sentido Teresina ao município de Altos. "Olha o carro branco, foi um assalto agora, eles estão fugindo" relatou.

O militar era lotado no 16° Batalhão de Polícia Militar (BPM) no município de Chapadinha no Maranhão. Sua carteira de identidade militar fora emitida recentemente, em 14 de maio deste anos.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer perícia e a remoção do corpo. Dois dos três suspeitos foram presos e levados para a Central de Flagrantes da capital.












Últimas