Bolsonaro anuncia auxílio emergencial de R$ 300 até dezembro


O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial até dezembro, com parcelas de R$ 300. Mais de 65 milhões de brasileiros estão recebendo o benefício durante a pandemia do novo coronavírus.

"Seiscentos é muito para quem paga, no caso o Brasil. Então, até atendendo a economia, em cima da realidade fiscal, estabelecer em R$ 300", disse Bolsonaro.

Após cinco pagamentos de R$ 600, de abril a agosto, ocorrerão mais quatro pagamentos com a metade do valor.

Bolsonaro fez o anúncio após participar de café da manhã com parlamentares e integrantes do governo.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo decidiu não deixar ninguém para trás e que a solução encontrada foi a melhor possível.

No encontro, o governo acertou os últimos detalhes da prorrogação do auxílio a trabalhadores informais.

O governo reduziu o valor do pagamento para amenizar o impacto no caixa da União. As cinco primeiras parcelas custaram cerca de R$ 50 bilhões mensais.

A iniciativa de conversar com os congressistas antes de finalizar a proposta é mais um gesto de aproximação do presidente em relação ao Legislativo.

Na saída do encontro, o deputador federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, afirmou que o Congresso logo analisará também a reforma administrativa.

Últimas