Pobreza Extrema: Matéria do Jornal O Globo/G1 descortina farsa do governo Comunista




Foto: Valor Econômico

A matéria “ Extrema pobreza se manteve estável em 2019, enquanto a pobreza teve ligeira queda no Brasil, aponta IBGE “, feita pelo Jornal O Globo/G1 nesta quarta (12), descortina a farsa alardeada nesses 6 anos do governo do Comunista Flávio Dino no Maranhão.

Gastando uma fortuna do erário público para se promover na grande mídia, o governador maranhense mente afirmando que mudou os indicadores sociais e diminuiu os índices de pobreza, gerando emprego e renda no estado mais pobre da federação.

Confira a matéria abaixo:


Cerca de 13,6 milhões de brasileiros vivem abaixo da linha da extrema pobreza, mais da metade deles no Nordeste. — Foto: Reprodução/JN


Extrema pobreza no Brasil

O contingente de extremamente pobres no país é formado, majoritariamente, por pretos e pardos, mulheres em sua maioria, sem instrução ou com ensino fundamental incompleto e desempregados.

O IBGE destacou que 56,8% das pessoas abaixo da linha da extrema pobreza viviam no Nordeste, região que respondia por 27,2% da população total do país.

Entre os estados, a situação mais precária foi observada no Maranhão, onde um em cada cinco moradores viviam em condição de miséria financeira em 2019.


Confira a matéria completa aqui:

https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/11/12/extrema-pobreza-se-manteve-estavel-em-2019-enquanto-a-pobreza-teve-ligeira-queda-no-brasil-aponta-ibge.ghtml 

Fonte: ricardofonseca

Últimas