Polícia caça jovem acusado de matar esposa de 17 anos e deixar bebê de 5 meses ao lado do corpo no MA; família pede ajuda

 

Um caso de feminicídio foi registrado na cidade de Barra do Corda, a 462 quilômetros de São Luís. A adolescente Maria Isabel de Souza Reis, de apenas 17 anos, teria sido morta a tiro pelo próprio companheiro, identificado pela polícia como Eduardo Silva Alves, de 24 anos, conhecido como Dudu, que teria queimado as roupas da criança e fugido.

O crime aconteceu na Vila Mariano II. O suspeito segue foragido e a polícia já está investigando o ocorrido. Dudu é o principal suspeito e está sendo caçado em todos os cantos do Maranhão.

A motivação do crime ainda é apurada, mas, a polícia Civil do Maranhão suspeita da relação entre esse feminicídio e outro crime cometido pouco tempo antes na cidade da região Central.

Segundo o delegado Márcio Rodrigo, o ex-companheiro de Maria Isabel se envolveu em uma briga com o vizinho dela. Depois do caso, ele resolveu matar a ex-companheira, com quem teve uma filha.

“A polícia de Barra do Corda já está atrás do autor dessa ocorrência de feminicídio. O fato ocorreu no dia 22 de novembro, foi arma de fogo. Ele fugiu e, ao lado do corpo da vítima, tinha ficado um bebezinho de cinco meses. Caso bárbaro”, disse a chefe do Departamento de Feminicídios da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), delegada Wanda Moura.

Jovem mata namorada adolescente de 17 anos no Maranhão – Portal Rio Parnaíba

Assim que foi atingida, a vítima caiu sobre a bebê, que ficou toda ensanguentada. O jovem assassino levou umas peças de roupas de Isabel e ainda queimou as outras da criança.

Desde ontem amigos da família estão fazendo campanhas para arrecadar vestes, fraldas e alimentos para o bebê, como mostra a imagem abaixo.

Se você puder ajudar, participe. As  doações podem ser feitas  Drogaria Fabiano II, no bairro Cai N`Água, próximo ao hospital do Florêncio Brandes.

Suelda Santos

Últimas