Em plena pandemia e com ação no STF por leitos, Flávio Dino vai gastar R$ 13 milhões na conclusão de 4 praças

 


O governo Flávio Dino (PCdoB) acaba de autorizar um gasto milionário e, no mínimo, inoportuno, em plena pandemia do novo coronavírus. Apesar da alta do número de casos e mortes causadas pela Covid-19, o que exige mais recursos para enfrentar a doença, e de ter ajuizado ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar obrigar o Ministério da Saúde a custear leitos de internação no estado, a gestão comunista liberou nada menos do R$ 13 milhões para a conclusão de quatro Praças da Juventude na região metropolitana de São Luís.

Os bairros contemplados são Barreto, em São Luís; Maiobão, em Paço do Lumiar; e os conjuntos residenciais Turiúba e Nova Terra, em São José de Ribamar.

O termo de homologação do contrato, firmado com a Agrasty Construções LTDA., no valor de R$ 13.078.948,28 (treze milhões, setenta e oito mil, novecentos e quarenta e oito mil e vinte e oito centavos), foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado do dia 11 deste mês (aba Terceiros). O documento é assinado pelo secretário de Estado do Esporte e Lazer, Rogério Rodrigues Lima, mais conhecido como Rogério Cafeteira, ex-deputado estadual e ex-lider do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa.

Vale destacar que a cifra milionária será gasta apenas na conclusão das obras e não na execução integral dos projetos, o que torna ainda mais necessária a explicação detalhada e convincente para tamanha despesa em um período de crise sanitária e de saúde, em que a prioridade máxima deveria ser salvar vidas.


Fonte: https://www.blogsoestado.com/danielmatos/

Últimas