Governo diz que não irá realizar programação do Réveillon 2022 em São Luís

A Secretaria de Estado da Cultura (Secma) do Maranhão anunciou no fim da tarde desta terça-feira (30), que não irá realizar programação de Réveillon 2022 na orla de São Luís. A pasta não explicou a motivação que levou para o cancelamento do evento.

Ao g1, a secretaria informou que os municípios maranhenses possuem autonomia para elaborar calendários culturais para este período, segundo decreto estadual nº 37.176, de 10 de novembro de 2021.

O anúncio foi feito um dia após o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciar que o Município não irá realizar as festas de Réveillon. A decisão foi tomada devido ao surgimento da nova variante do coronavírus, a Ômicron.

Casos da Ômicron no Brasil

Nesta terça-feira, o Instituto Adolfo Lutz dois resultados positivos para a variante ômicron (B.1.1.529) do coronavírus no Brasil. Até o momento, nenhum caso suspeito foi identificado no Maranhão.

O sequenciamento genético que apontou a variante nos testes de dois passageiros vindos da África do Sul foi feito pelo hospital Albert Einstein, em São Paulo. Um terceiro caso suspeito, de um passageiro que veio da Etiópia e desembarcou em Guarulhos, ainda está sob investigação pelo Lutz.

Nova variante

Chamada de variante ômicron (B.1.1.529) preocupa pois tem 50 mutações — algo nunca visto antes —, sendo mais de 30 na proteína S (spike) – a "chave" que o vírus usa para entrar nas células e que é o alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19. A confirmação de variantes ocorre por meio de sequenciamento genético.

O Brasil fechou as fronteiras aéreas para passageiros vindos de seis países do Sul da África a partir de segunda-feira (29). A restrição valerá para passageiros vindos de África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.